A Palavra

A VIDA NAS MÃOS DE DEUS by Pr. Oliveira de Araújo

Vale a pena colocar a vida nas mãos de Deus. Aqui estão pelo menos quatro razões para que você busque urgentemente o abrigo do Senhor para a sua vida.

  1. Nas mãos de Deus a vida torna-se mais útil e mais produtiva. A pessoa que coloca a vida nas mãos de Deus é como a “árvore que cresce na beira de um rio; ela dá fruto no tempo certo, e as suas folhas não murcham. Assim também tudo o que essa pessoa faz dá certo” (Salmo 1.3).
  2. Nas mãos de Deus a vida torna-se mais bela. A riqueza de Salomão permitia que ele comprasse os mais ricos e lindos vestidos, mas nenhum deles podia ser comparado à beleza de um lírio do campo. Tudo de bom que o homem pode fazer para si mesmo não é nada diante do que Deus pode fazer por ele. Deus embeleza e ornamenta a vida que é colocada em suas mãos.
  3. Nas mãos de Deus a vida torna-se vitoriosa. Ela pode carregar uma cruz e até gemer sob o seu peso. Mas sempre vence. Diante do mais cruel sofrimento, Jesus manteve-se nas mãos de Deus. E, naquele cenário de dor, a vitória final é pronunciada nos lábios do centurião romano: “Verdadeiramente este era filho de Deus” (Mateus 27.54).
  4. Nas mãos de Deus a vida encontra paz. Nada pode abalar aquele que se coloca nos braços mais potentes do universo. Quando está nas mãos de Deus, o homem tem a certeza de que é amado pelo seu criador. E, então, ele sente paz, porque sabe que está seguro. Venha o que vier, ele sabe que Deus está no controle. O próprio Deus afirma: “Será que uma mãe pode esquecer o seu bebê? Será que pode deixar de amar o seu próprio filho? Mesmo que isso acontecesse, eu nunca esqueceria você” (Isaías 49.15).

Coloque a sua vida nas mãos de Deus. Entregue ao Senhor as suas decepções, os seus pecados, os seus sonhos, o seu passado, o seu presente e o seu futuro. Deixe toda a sua vida sob os cuidados do Deus Todo-Poderoso. Só quando está sob a direção de Deus é que a vida se torna vida de verdade. Fora das mãos do Senhor, ela não passa de vidinha.

Pr. Oliveira de Araújo

Pastor Emérito da PibVitória